Pesquisa de Notícias Mês: Ano: Assunto:

Geral

17/01/2002

BEACH SOCCER - BRASIL CHEGA LÁ. SEM PERDER

BRASIL VENCE FRANÇA E SEGUE INVICTO NO MUNDIAL

GUARUJÁ - SP (LCS) – A Seleção Brasileira venceu a França por 7 a 3 na noite de hoje (17), na arena montada da praia da Enseada, no Guarujá. Esta foi a terceira vitória nacional no VIII Mundial de Beach Soccer, e a Seleção segue invicta no campeonato. Os gols brasileiros foram de Benjamim (2), Jorginho, Júnior Negão (2), Neném e Juninho. Pela França, marcaram Samoun (2) e Squaglia. O Brasil imprimiu um ritmo alucinante no primeiro período, no qual foram marcados todos os gols canarinhos. Benjamin abriu o placar com um minuto de jogo, e Jorginho marcou o dele 30 segundos depois, numa cobrança de falta. E o Brasil não parou: Júnior Negão acertou o chute, 14 segundos após, e Benjamin marcou novamente aos seis minutos. Samoun fez o primeiro da França menos de um minuto depois, mas não foi suficiente para calar a animada torcida, que começou a gritar Olé aos sete minutos. Júnior Negão continuou o massacre e fez de falta, seguido por Neném, de cabeça. Quando faltavam dois minutos para o final do jogo, o polêmico francês Cantona, que também é o técnico do grupo, fez uma falta em Juninho e saiu de quadra com o pé machucado. Juninho não perdoou e fez o sétimo gol brasileiro. No segundo tempo, apenas Squaglia, aos oito minutos, acertou o chute. Com a areia molhada, os brasileiros mostraram categoria com o jogo de bola alta, e os franceses encararam esta categoria como desaforo, quase partindo para cima dos brasileiros. O clima ficou mais ameno no terceiro período, e Samoun voltou a aumentar para a França, definindo o placar. O jogador Jorginho, que mostrou o melhor do seu jogo alto, disse que o Brasil exibiu criatividade nas jogadas. “Mas o que faltou foi finalização a partir do segundo período. Além disso, os adversários devem se acostumar com o jeito de jogar do Brasil, pois temos facilidade com o jogo alto e a nossa intenção não é humilhar ninguém. A areia molhada fica muito mexida, e se torna perigoso tentar tocar a bola rasteira”, explicou o craque que, por diversas vezes, teve o seu nome aclamado pela torcida. O capitão Eric Cantona, que emprestou hoje o cargo de técnico ao irmão, Joel Cantona, tirou algo de bom da partida. “Nós conseguimos imprimir nosso jogo quando estávamos perdendo, e isso é muito importante. Mas acredito que a equipe começou mal e estava com a moral baixa, além de ser sempre difícil jogar contra o Brasil”, finalizou Cantona. BRASIL – Robertinho, Camilo, Juninho, Neném, Júnior Negão, Benjamin, André, Buru e Pierre. FRANÇA – Ottavy, Germain, Cantona, Bonora, Jairzinho, Samoun e Zingaro. Jogos e resultados: 13/01 – Domingo – Vitória/ES Brasil 6 x 0 Tailândia 15/01 – Terça-feira – Guarujá/SP Argentina 6 x 8 Itália França 2 x 7 Espanha Portugal 6 x 3 Uruguai 16/01 – Ontem França 4 x 5 Tailândia Portugal 6 x 4 Itália Brasil 4 x 1 Espanha Argentina 2 x 11 Uruguai 17/01 – Hoje Espanha 3 x 4 Tailândia (pênaltis) Portugal 8 x 4 Argentina Brasil 7 x 3 França Itália x Uruguai ( em andamento ) 19/01 – Sábado - Semifinal 9h – Brasil x (Itália ou Uruguai) 10h – Portugal x Tailândia 20/01 – Domingo Final O VIII Mundial de Beach Soccer é uma realização da Octagon Koch Tavares, da Confederação Brasileira de Beach Soccer e da BSWW (Beach Soccer World Wide), com o patrocínio do Fisk, McDonald’s, Mastercard, Valda e Rider, e apoio da Prefeitura de Vitória, Prefeitura Municipal de Guarujá, Associação Comercial de Guarujá, Vecchio Punto, Casa Grande Hotel Resort & Spa e Ministério do Esporte e Turismo – Projeto Esporte na Escola. Cobertura no Guarujá: Ângela Monteiro, Mariliz Torres, Elemar Pearce e Liliane Camargo Sala de Imprensa (13) 3392-2118 – 3392-1151 e 3392-2134

Rua Belém, 322 – Vila Assunção – Santo André(SP) – Cep 09030-120 | Telefone: (11) 4438-8200
Plantão: (11) 9 7653-7957
©GANegócios do Esporte - 2009 - Todos os Direitos Reservados | Criação de sites: PWI Web Studio